Russos dizem ter matado líder do Estado Islâmico em ataque aéreo

Segundo Forças Armadas do país, Abu Bakr al-Baghdadi teria morrido no fim de maio, junto com várias outras lideranças do grupo


Internacional - 16/06/2017
Suposto líder do grupo extemista islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, aparece em vídeo
Suposto líder do grupo extemista islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, aparece em vídeo - Créditos: AP
    As Forças Armadas da Rússia afirmaram nesta sexta-feira que mataram o líder do grupo extremista Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi, em um ataque aéreo. De acordo com autoridades russas, al-Baghdadi morreu em um ataque aéreo russo realizado no fim de maio, junto com várias outras lideranças do grupo.
    Os militares russos dizem que a ação aérea ocorreu em 28 de maio e tinha como alvo uma reunião do Estado Islâmico ao sul de Raqqa, na Síria. Na ocasião, também foram mortos cerca de 30 líderes de nível intermediário no grupo e mais 300 combatentes extremistas.
    As Forças Armadas dizem que os líderes do Estado Islâmico estavam na ocasião reunidos para discutir a retirada do grupo de Raqqa. Uma coalizão liderada pelos Estados Unidos tem realizado uma investida militar para retirar o Estado Islâmico da cidade, um de seus centros de operações.

[Fonte:   Veja]
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.