Dermatologistas esclarecem relação do consumo de chocolate com o agravamento da acne

Dermatologista afirma que alimento só deve ser restrito em casos pontuais


Geral - 09/04/2017
Créditos: Marcelo Matusiak
     O tema ganha destaque com a proximidade da Páscoa e, nesse aspecto, há uma boa notícia para quem gosta de consumir chocolate: não há evidências significativas de que o alimento possa agravar o surgimento de acnes na pele. Quem afirma é a médica dermatologista e secretária-geral da Sociedade Brasileira de Dermatologia - Secção RS, Ana Paula Manzoni.
     - O que já foi constatado é que alimentos de alto índice glicêmico podem, sim, promover uma piora da acne. Destes produtos, o mais apontado é o leite. Geralmente, a restrição do consumo do chocolate só ocorre para pacientes que observam o surgimento da acne após ingerir o alimento, mas não pedimos a sua exclusão somente pelo fato de ter a condição - explica Ana Paula.
     A atenção à doença deve ir além do cuidado no consumo de alimentos que possam agravar a situação. De acordo com a dermatologista, o tratamento deve iniciar o mais cedo possível.
     - Deve-se parar de pensar que os jovens precisam esperar passar a adolescência porque é normal ter acne. Quanto mais cedo iniciarmos o tratamento, melhor serão as chances de evitar o surgimento de uma cicatriz - completa Ana Paula.
     A orientação da dermatologista é procurar um especialista logo que as lesões iniciarem. Caso já existam cicatrizes elas podem ser tratadas com peelings, laser e cirurgia melhorando a qualidades de vida dos pacientes.
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.