Dia Mundial do Rim mostra a importância de se ter hábitos saudáveis para evitar doenças renais

ociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul e Hospital da Criança Santo Antônio vão promover, em parceria, ações de conscientização a respeito da necessidade de combater um dos grandes fatores de risco, a obesidade


- 07/03/2017
Iniciativa busca promover hábitos saudáveis para evitar as doenças renais
Iniciativa busca promover hábitos saudáveis para evitar as doenças renais - Créditos: Foto/Divulgação
     Na próxima sexta-feira (10/03), será celebrado o Dia Mundial do Rim. Ações em todo o mundo serão realizadas com o objetivo de divulgar as informações relacionadas à prevenção das doenças renais. A Sociedade Brasileira de Nefrologia coordena a campanha no Brasil, sendo que no Rio Grande do Sul entidades ligadas a área da saúde estão associadas à iniciativa.
     A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) e o Hospital da Criança Santo Antônio, integrante do Complexo da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre promovem, em parceria, atividades gratuitas de conscientização. No dia 9 de março, no Anfiteatro Hugo Gerdau, na Rua Professor Annes Dias, 295, no Centro da capital gaúcha, às 12h, a médica nefrologista pediátrica e sócia da SPRS, Clotilde Garcia, e o médico gastroenterologista pediátrico, igualmente sócio da SPRS, Matias Epifânio, ministram palestras sobre a importância de se ter bons hábitos para manter rins saudáveis. Clotilde Garcia falará sobre "Obesidade e Rim", enquanto Matias Epifânio aborda o tema "Obesidade em Pediatria".
    Para o domingo (12/03), está programada uma blitz no Parque da Redenção, com atividades para crianças e adultos e orientações de saúde, a partir das 10h. Profissionais da saúde vão divulgar à população informações sobre prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças renais infantis e adulta.
    A nefrologista Clotilde Garcia destaca que as doenças renais infantis afetam, atualmente, milhões de crianças em todo o mundo. Segundo a médica, que é chefe do Serviço de Nefrologia Pediátrica da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, é fundamental encorajar e facilitar a educação, a detecção precoce e a promoção de um estilo de vida saudável desde a infância, iniciando já no nascimento e continuando ao longo da vida.
    - Juntas, estas práticas podem combater o surgimento de danos renais evitáveis, incluindo a injúria renal aguda e a doença renal crônica, e tratar crianças com alterações renais congênitas e adquiridas após o nascimento - afirma Clotilde Garcia.
    A médica ressalta que em 2017 o tema do Dia Mundial do Rim é "Doença Renal e Obesidade. Estilo de vida saudável para rins saudáveis". Isto tendo em vista que a epidemia mundial de obesidade afeta a população de muitas maneiras e são inúmeras suas complicações, pois a obesidade é um potente fator de risco para o desenvolvimento de doença renal. O excesso de peso corporal leva a um mecanismo compensatório de hiperfiltração glomerular para atender às necessidades metabólicas. O aumento da pressão intraglomerular pode danificar a estrutura renal e aumentar o risco hipertensão e de desenvolver DRC a longo prazo.
    - É preocupante o aumento da prevale?ncia de sobrepeso e obesidade iniciarem na infância, e com grande probabilidade de persiste?ncia ate? a vida adulta. As consequências ainda são maiores se a criança nasceu prematura ou com baixo peso para idade gestacional, devido a portarem um menor número de nefrons. A obesidade infantil pode ser o mais importante fator de risco capaz de modificar a promoção da saúde das nossas gerações futuras - enfatiza a nefrologista.
    Na sua avaliação, é dever de toda a comunidade de saúde entender a relação entre obesidade e doenças renais, e determinar estratégias para conter esta epidemia. O Dia Mundial do Rim 2017 é uma oportunidade importante para educar e conscientizar para esse fim.
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.