Líderes empresariais debatem, com deputados estaduais, apoio ao pacote de medidas do governo gaúcho

Presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, participou do evento Tá na Mesa, na Federasul, com a presença de representantes das principais bancadas da Assembleia Legislativa


Geral - 15/12/2016
Evento reuniu líderes empresariais de todo o Rio Grande do Sul
Evento reuniu líderes empresariais de todo o Rio Grande do Sul - Créditos: Cesar Moraes
      O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, participou, na quarta-feira (14/12), do 3º Fórum de Líderes e do Tá na Mesa, que reuniu deputados estaduais representantes das seis principais bancadas da Assembleia Legislativa gaúcha. O objetivo foi debater o pacote de medidas apresentado pelo governo estadual. O Fórum de Líderes reuniu dirigentes empresariais do Rio Grande do Sul para falar sobre cenários, traçar estratégias de ação e apontar saídas para a crise econômica que o estado está vivendo.
      - Precisamos mostrar soluções que possibilitem ao nosso estado voltar a ter dias melhores. O empresariado deve estar unido para preservar a geração de emprego e renda, sendo importante a contrapartida do poder púbico. Investimentos em saúde, segurança e educação são prioritários para reerguer o Rio Grande do Sul e termos novos caminhos em 2017. O atual momento ruim do país e do estado faz com que o varejo sinta bastante essa questão, pois o poder aquisitivo das pessoas está cada vez menor - salientou o presidente da FCDL-RS.
      Durante o Tá na Mesa, os deputados Frederico Antunes (PP), Tarcísio Zimmermann (PT), Ronaldo Santini (PTB), Gilberto Capoani (PMDB), Eduardo Loureiro (PDT) e Zilá Breitenbach (PSDB), expressaram seus pontos de vista a respeito do projeto de reforma enviado ao parlamento gaúcho pelo governador José Ivo Sartori. Os líderes empresariais reafirmaram aos parlamentares o apoio ao Plano de Modernização proposto pelo Governo do Estado do RS. As entidades estão se posicionando em favor de um Estado forte, que resgate a credibilidade das instituições junto à população.
      - Queremos que a sociedade se insira neste debate para mudar o perfil de despesas do Rio Grande do Sul. Precisamos de um Estado cada vez mais empreendedor, mais leve e mais enxuto - lembrou Vitor Augusto Koch.
     O conjunto de medidas enviado pelo governador Sartori para a Assembleia Legislativa deve ser votado pelo plenário a partir da próxima semana.

[Fonte:   Play Press]
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.