Governo e empresários discutem rumos para retomada do desenvolvimento econômico do Estado

Evento contou com a participação da Federação Gaúcha de Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS)


Geral - 06/12/2016
Abertura do evento
Abertura do evento - Créditos: Marcelo Matusiak
Evento abordou estratégias para retomada do crescimento econômico
Evento abordou estratégias para retomada do crescimento econômico - Créditos: Marcelo Matusiak
Secretário Fábio Branco
Secretário Fábio Branco - Créditos: Marcelo Matusiak
Apresentação de propostas que o Governo do Estado está trazendo
Apresentação de propostas que o Governo do Estado está trazendo - Créditos: Marcelo Matusiak
     Reduzir a burocracia e ter o foco no que realmente o estado do Rio Grande do Sul precisa foram apontadas como soluções urgentes para retomada do crescimento da economia, em evento que reuniu empresários e líderes de entidades empresariais gaúchas. O evento, realizado no Hotel Plaza São Rafael, ao meio dia desta terça-feira (06/12), teve como convidado o secretário estadual de desenvolvimento econômico, ciência e tecnologia do Rio Grande do Sul, Fábio Branco.
     - O modelo que temos tido nos últimos anos é muito mais punitivo ao desenvolvimento do que de incentivo. Se tínhamos um estado que há cinquenta anos era referência em saúde, educação e qualidade de vida, hoje isso não existe mais. Estamos hoje pagando esse preço - disse.
     O executivo estadual pautou temas estratégicos que incluem: saúde; cadeias e sistemas agroindustriais; aeroespacial e defesa; tecnologias sociais; energia e transportes e logística e mobilidade urbana. Entre as iniciativas uma das apostas é o programa Rede Simples que permite abertura, fechamento e alterações em empresas, pelo meio digital. A ideia é, ao final de 2016, atender mais de 80 municípios tornando mais ágil os processos na Junta Comercial.
     O presidente da LIDE Rio Grande do Sul, Eduardo Fernandez, manifestou apoio às medidas que estão sendo implantadas para retirar o estado da condição atual.
     - Entendemos que o pacote de medidas visa estancar a calamidade que estamos vivendo. Apoiamos de forma irrestrita esse novo passo e pretendemos ser cada vez mais colaborativos para que essas ações tenham sucesso- - afirmou.
    A FCDL-RS esteve representada no evento pelo seu vice-presidente, Fernando Luis Palaoro e pelo superintendente, Leonardo Neira.
    O presidente do LIDE Cidadania, Cláudio Bins, apresentou a iniciativa social "Livros de mão em mão", que tem como objetivo incentivar o aumento dos índices de leitura no país. A iniciativa é realizada em parceria com o Rotary Glória Teresópolis beneficiando acesso gratuito a livros organizados em cestos situados em locais de grande circulação de pessoas. Pontos de coletas estão funcionando nos seguintes estabelecimentos: Hospital Divina Providência, CIEE Borges de Medeiros, UGES, Associação Beneficente Ilê Mulher e Caixa Econômica federal (Agência Tersópolis). A meta é beneficiar aproximadamente cinco mil pessoas oferecendo 2.500 livros.
     O LIDE é uma organização sem fins lucrativos. Possui mais de mil e oitocentas empresas filiadas correspondendo a 52% do PIB Nacional.

 

[Fonte:   Play Press]
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.