FCDL-RS estimula pesquisa dos consumidores para compras na Black Friday

Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul lembra que as lojas físicas gaúchas estão preparadas para oferecer preços competitivos no dia 25 de novembro


Geral - 23/11/2016
Presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch
Presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch - Créditos: João Alves
     A edição da Black Friday em 2016 deverá apresentar um incremento de 32% nas vendas na comparação com 2015, alcançando um patamar de R$ 2 bilhões. Para o Rio Grande do Sul as projeções indicam que os consumidores devem comprar em torno de R$ 120 milhões em produtos, dentro da lógica de expansão do cenário nacional.
     A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS, estimula os consumidores a fazerem a comparação de preços entre as lojas participantes e não participantes da promoção, valorizando as lojas físicas do comércio gaúcho.
    - É importante que as lojas espalhadas pelo nosso estado recebam a visita dos consumidores neste dia. O varejo gaúcho, que está evoluíndo muito nas negociações com os fornecedores, possui totais condições de oferecer preços competitivos e efetuar a pronta-entrega dos produtos desejados pelos clientes, um ganho substancial na comparação com a compra feita via internet, que pode demorar de sete a quinze dias para chegar - ressalta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.
     Para Vitor Augusto Koch as lojas físicas oferecem vantagens para o consumidor como a possibilidade real de verificar e testar o produto antes da compra, o serviço de instalação e montagem de equipamentos mais complexos e o atendimento qualificado e personalizado.
     A Federação indica que a melhor estratégia para o consumidor ficar satisfeito com as compras no dia 25 de novembro é pesquisar não só preço, mas também prazo de entrega, termos de garantia e instalação e procedimentos necessários para a reposição de produtos que cheguem danificados. Este último item é especialmente importante para aqueles que buscam antecipar as compras para o Natal, o que pode ser tempo insuficiente para a troca de produtos comprados pela internet.

[Fonte:   Play Press]
Clique aqui para comentar
Para comentar, você deve estar conectado à uma dessas contas:



Comentários
Os comentários não representam a opinião do Grupo Redesul. A responsabilidade é do autor da mensagem.